Google+ Estou a Conhecer: Junho 2014

domingo, 29 de junho de 2014

DIY :: Cestos personalizados

Conforme já aqui mencionei o tempo para vir cá tem sido muito pouco. Azafama é muito e muitas ideias têm surgido nesta cabecinha e como tal pouco tempo fica para vir mostrar tudo que tenho feito. Um dos meus últimos faça você mesmo foi uns cestos que há muito andava a procurar. Mas como essa procura foi em vão, depois de tanto pensar lá veio a ideia luminosa. Estas foram as minhas inspirações...
Têm a origem destas imagens aqui. Queria muito um cesto lindo que me enche-se as medidas. Com um simples cesto de papeis e as magníficas tintas pastel mtn o resultado foi este...
(as fotos estão horríveis devido ao meu desconhecimento ainda sobre a minha nova lente, para a próxima tento tirar melhores!)

quinta-feira, 26 de junho de 2014

São João 2014

O tempo para postar tem sido escasso. Trabalhos e mais trabalhos ocupam os meus tempos vagos. Coisas de madrinha atarefada que não quer deixar nenhum pormenor a alheios e depois que deixa de ter vida própria. Mas é bom ter assim tanto com que ocupar a cabeça. No meio de toda a azafama da chegada do primeiro bebé á família uma e outra festa, um e outro passeio, lá vão existindo para festejar o que de melhor a vida tem.
Este ano o São João apesar de toda a ocupação que existe agora nas nossas vidas entre, fraldas, rendinhas, bordados e companhia, foi aproveitado sempre que foi possível. Uma visita ás sardinhas assadas, outra ao pão com chouriço e outra ás bifanas e farturas e companhia não podiam faltar. E já nos aproxima-mos do São Pedro e quando dermos por ela estão aí as férias.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Tarte de cereja

Nunca tinha feito nada de cereja, aliás este foi o ano que mais cerejas comprei porque foi fruto que nunca reinou cá em casa. Ninguém dá dois passos por uma cereja logo passamos anos sem que elas entre em casa. Este ano resolvi fazer diferente e além de comer decidi usar em algo feito por mim a ver se me sabia melhor coisas feitas com cereja do que a própria cereja em si. E assim foi, saiu uma tarte deliciosa de cereja de lamber os dedos. Nunca pensei que me sairia assim tão boa, deliciosa e linda...
 
massa: 140 g de farinha de trigo simples, 1/4 de c. chá de fermento em pó, 1/2 c. de chá de mistura de especiarias (usei canela, gengibre e noz moscada), 1/2 c. de chá de sal, 50g de açúcar, 55g de manteiga sem sal fria aos cubos, 1 ovo batido, água para selar.
 
recheio: 900 g de cerejas frescas descaroçadas, 150g de açúcar, 1/2 c. de chá de essência de amêndoa (não tinha e substitui por uma colher de chá de amêndoa em pó), 2 c. de chá de aguardente de cereja (não usei), 1/4 de c. de chá de especiarias (usei as mesmas que na massa), 2 c. sopa de farinha de milho, 2 c. sopa de água, 25 g de manteiga sem sal.
Para fazer a massa peneire a farinha com o fermento para uma tigela grande. Introduza a mistura de especiarias, o sal e o açúcar. Com os dedos, areie a manteiga na mistura de farinha até se assemelhar a migalhas de pão, depois faça um sulco no meio. Deite o ovo batido e misture com uma colher de pau até obter uma massa. Divida a massa ao meio e, com as mãos, molde-as em bolas. Embrulhe em pelicula aderente e refrigere no frigorifico durante 30 minutos.
 
Aqueça o forno a 220ºc. unte com manteiga uma tarteira de 23 cm de diâmetro. Tenda as massas em dois círculos com 30 cm de diâmetro. Use um para forrar a tarteira.
 
Para fazer o recheio, deite metade das cerejas e o açúcar numa caçarola. Deixe ferver e introduza a  amêndoa, a aguardente (caso use) e a mistura de especiarias. Noutra tigela misture a farinha de milho e a água até formar uma pasta. Retire a caçarola do lume, misture a pasta de farinha e volte a colocar no lume até a mistura ferver e engrossar. Adicione as restantes cerejas e deite sobre a base de massa e espalhe a manteiga por cima.
 
Corte a restante massa em fatias e disponha por cima do recheio da tarte cruzando as mesmas. apare as mesmas e sele as bordas com água. calque o rebordo com os dedos. Pincele a massa visível com água e polvilhe com açúcar. tape com uma folha de alumínio e leve ao forno durante 30 minutos. retire a folha de alumínio e leve ao forno mais 15 minutos ou até estar douradinha. pode servir morna simples ou com gelado ou natas.

Adaptada do livro "Doçarias, delícias do forno para a mesa"

terça-feira, 17 de junho de 2014

Passeios de Domingo

Uma das coisas boas da primavera é poder dar passeios a pé sem que se apanhe um escaldão e se fique logo a pingar depois de andar uns metros. Nestes domingos que temos tido tem estado muito bom para isso. Sair sem destino certo, num fim de tarde, depois de ter tido um belo almoço em família, depois de um descanso... Daqui a pouco já só se quer é dar passeios até á praia mas até lá vai-se aproveitando o que este tempo nos dá. E chegar a casa com vestígios desse belo passeio é ainda melhor. Adoro apanhar flores do campo e combina-las numa bela jarra improvisada. Depois de um dia de trabalho, chegar a casa e ver as lindas flores que trazem á memoria o fim de semana que foi tão bom e transportar-nos para lá novamente.

domingo, 15 de junho de 2014

52 weeks... 52 photographs!

A semana passada não coloquei a foto da semana mas isso não significa que não a tenha tirado. Apenas não deu para vir cá e depois decidi colocar as duas hoje. Agora que tenho uma nova "amiga" a vontade de fotografar é ainda maior por isso aguardem que pode tardar mas elas aparecem.
 
 
 

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Junho, o mês dos Santos Populares

E com Junho chegam todas as festas populares. Começamos com o S. António, depois o S. João e a seguir vem o S. Pedro. Mais um motivo que temos para celebrar a alegria de estar vivos e de termos a família e os amigos. No dia que começa a "Copa" festeja-se o Santo António cá por terras luzas. Um mês onde o divertimento não vai faltar. As sardinhadas. Os copos. O caldo verde e claro as rizadas. Aqui na terra o São João é o rei. As festas da cidade já começaram e terminam bem depois do 24. Pelo meio muitos manjericos, alhos e outras ervas vão chegar ao nariz. Marteladas essas também serão muitas apesar de não achar piada nenhuma a essa tradição.
Cá por casa já estamos prontos para festejar. A primeira sardinhada já foi e estamos desejosos da próxima.

domingo, 8 de junho de 2014

20 Semanas

E metade já está. Aqui festejamos a notícia e agora já vai a meio caminho. Mais um momento para registar e relembrar mais tarde. Ainda não sabe o que é mas tudo inclina para uma menina. Em breve terá certeza e aí já poderemos meter mãos á obra em coisas lindas e fofinhas para a sua chegada. Aqui fica o registo das primeira 20 semanas do começo de uma nova vida.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Junho e as festas...

... Populares. Chegou Junho o mês de todas as festas de santos populares, o mês onde muito se festeja e come sardinha assada e pimentos. Muita martelada na cabeça e muito alho porro pelo nariz dentro e marchas que param avenidas. Que venham elas que festas é o que todos precisamos não fossem elas a quebra dos nossos dias de trabalho antes de chagarem as férias grandes, as tão esperadas férias grandes, como se dizia no tempo de escola....

52 weeks... 52 photographs!