Google+ Estou a Conhecer: Maio 2014

sexta-feira, 30 de maio de 2014

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Ilustrações para bebés

Com a chegada de um bebé, por muito que não se queira, acaba-se sempre por pensar em alguma coisa para ele todos os dias. Como se vai querer vestir o bebé, qual o estilo que mais gostamos, com qual nos identificamos mais e queremos identifica-lo, qual a decoração que mais se encaixa nos nossos gostos etc etc... Agora que vou ser tia/madrinha é só isto que me vem á cabeça. A mãe já só pensa em saber o que é com certeza para começar a pôr mãos á obra, já eu pus mãos á obra antes mesmo de saber ao certo o que é. Tenho feito tudo para que tanto dê para menino como para menina por isso tudo tranquilo. Apenas se muda a cor de um laço aqui e a cor de um tecido ali. Hoje as buscas caíram sobre ideias de possíveis ilustrações para quadros que possivelmente se poderão colocar no berçário.
 
O estilo cai muito sobre ilustrações tão perfeitamente infantis e intemporais como para as mais modernas. O estilo Beatrix Potter é o preferido mas há muitas outras hipóteses na mente e só depois de ver a decoração total é que se vai decidir.

Aqui ficam algumas ideias de como poderão ser as conjugações das mesmas. Pode-se usar todas livremente para uso pessoal. Basta imprimir num papel que gostemos, escolher umas lindas molduras e cá estão uns lindos quadros a muito baixo custo e que encantam qualquer um.
Encontram todas estas ilustrações no quadro Ilustrations do meu Pinterest. Para além destas têm muitas outras que podem ser usadas individualmente num ou noutro apontamento e que vai dar aquele ar fofinho e de bebé ao quarto.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Iogurtes feitos em casa

Este ano resolvi enveredar pelos iogurtes caseiros. Mais uma das coisas que já vinha a "cozinhar" desde o ano passado e este ano meti mãos á obra. Os primeiros que fiz foi com uma redução de morango, deliciosos! Depois venho cá deixar a receita. Os segundos foi esta maravilhosa receita de um dos meus blogues favoritos de culinária. São simplesmente divinais, de comer um e mais outro e outro e outro.....
As fotos estão muito más, mas isto de trabalhar o dia todo fica muito pouco tempo com boa luz para fotografar em condições.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Envelopes personalizados

Sábado é dia de casamento, e como tal dia de envelope. Eu não gosto de deixar passar nada sem dar um ar de minha graça e assim sendo fiz um envelope personalizado. Nunca casei mas sei que o momento de o abrir é um dos pontos mais marcantes e ler as mensagens que lá vão dá muita felicidade. Assim sendo fiz um assim muito á pressa para os queridos noivos que vou presentear já amanhã.
Bastou imprimir um padrão bem giro e voilá um envelope lindo e diferente.
 

domingo, 18 de maio de 2014

O bolo

Pela primeira vez participei no World Baking Day. Não preciso de uma desculpa para fazer um bolo mas este dia veio mesmo a calhar. A minha escolha recaiu no bolo de cheesecake de morango do blogue As Minhas Receitas. Mal o vi fiquei apaixonada por ele e assim que pude experimentei-o e hoje foi o dia...

 

52 weeks... 52 photographs!

No dia internacional dos museus lá foi dia de visitar mais alguns que não conhecia. Fiquei maravilhada com um que descobri hoje aqui na minha linda cidade com um majestoso jardim...

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Sortelha

A última paragem (ou quase) da nossa última escapadela foi em Sortelha. Umas das vilas que visitamos que mais adorei. Linda, muito acolhedora, pedra e mais pedra, uma majestosa muralha e o seu castelo, mais uma vez oco no interior, mas que mesmo assim tinha a sua beleza e grandeza. Toda a vista envolvente de qualquer canto é simplesmente breathtaking. Adorei mesmo, aconselho a todos irem visitar este recanto do nosso país sem dúvida nenhuma. Mais uma vez a oferta de restaurantes é quase nula. No interior das muralhas tem talvez o melhor restaurante da zona (quase o único), o D. Sancho I. Todo ele tipicamente decorado. Magnifico. Cabeças de javalis, de veados, as mais diversas ilustrações a D. Sancho e a toda a sua corte é simplesmente fantástico. Isto aliado á magnífica comida faz dele um excelente restaurante não fosse o PÉSSIMO atendimento. Mas mesmo péssimo. Ou vão com paciência ou então não vão lá. Eramos 3 a comer e cada um comeu na sua vez, primeiro um, quando quase acabou veio a comida do segundo e por fim a comida do terceiro quando os outros tinham terminado. Apetecia-me mesmo pegar no livro de reclamações mas a comida tava tão boa e a decoração fantástica e uma linda muralha la fora para percorrer que saímos foi o mais rápido possível de lá.
A vila é mesmo muito pequena, em pouco tempo percorre-se todas as suas ruelas. Tem pouca coisa a visitar, o mais bonito é a vila em si. Andar pelas ruas e pelas muralhas é algo a não perder. Cafés vi um, lá numa das casitas assim muito pouco apetecível. Lojas uma apenas de artesanato local mas com um cheiro a mofo que eu não consegui entrar. Ficava nos fundos de uma das casas de paredes quase de meio metro de largura e talvez por isso aquele cheiro. Via-se que o movimento era quase nulo.

terça-feira, 13 de maio de 2014

WORLD BAKING DAY


E é mesmo verdade, não há melhor forma do que mostrar no nosso amor através de um lindo bolo. Não é que precise de uma desculpa para ir para a cozinha e meter mãos á obra, mas hoje descobri (sim só hoje, shame on me!) mais um motivo para o fazer. O World Baking Day está já aí e eu até já tenho a receita do que vou fazer em mente. Vou fazer um bolo para a minha família para comemorar o novo membro que aí vem...
 
E vocês vão fazer um bolo para quem? ♥

domingo, 11 de maio de 2014

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Belmonte

O segundo dia da nossa última escapadela começou em Belmonte. O dia amanheceu chuvoso e a vista pouco mais era que alguns metros. Depois de aceitar o facto, foi hora de tomar o pequeno almoço. Obrigar o senhor do hotel a ligar a torradeira apenas por causa de nós foi coisa que nunca me tinha acontecido. De facto o interior do nosso país tem tanto de lindo como de deserto. Nem sei se haveria mais hotéis em Belmonte. Sentíamo-nos os únicos hóspedes. Restaurantes foi uma saga para conseguir encontrar um aberto no dia anterior para jantar. Mas depois de encontrado O Brasão deliciei-me com uma maravilhoso magré de pato em cama de legumes. Uma vila que vale muito a pena visitar. Linda que só ela. A maior comunidade judaica do país. A judiaria foi a zona que mais me encantou. O castelo o que mais me desiludiu. Como praticamente todos os castelos de Portugal, apenas tem paredes exteriores. Mas que coisa esta a dos nossos antepassados destruírem as coisas para servir de celeiros ou cemitérios ou se não era isto eram incêndios que teimavam em destruir os nosso castelos.  Não resta nada da habitação que serviu a família Cabral. O panteão é um dos pontos altos. Talvez umas das vilas portuguesas com mais museus por metro quadrado. Tem mesmo muito que ver. E que linda que é a terra de Cabral.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Piódão

Finalmente consegui vir colocar o segundo dia da escapadela do outro fim de semana. O tempo tem sido pouco e as fotos são muitas e só agora conseguir terminar a edição das fotos. Hoje venho mostrar o Piódão. Uma aldeia linda, maravilhosa, colocada no fundo de montanhas,  no meio do nada, um sem fim de curvas até lá chegar e longe de tudo e todos (e onde eu não queria viver!!)...
 
Chegando lá o que se vislumbra vale todo o suplicio passado pelo caminho. Lindas as casas todas iguais de pedra. Parece aquelas aldeias de bonecas. Vale muito a pena visitar. É muito muito lindo. Cada vez mais em apaixono pelo nosso lindo país.